Lavagem nasal: dicas, mitos e verdades

A importância da lavagem nasal é uma das primeiras lições aprendidas pelo otorrinolaringologista. Seja na forma de spray, aerosol ou irrigação, pode ser utilizada em todas as idades e está presente em quase todas as receitas de pacientes com queixas nasais. 🤧 • Pra quem mora em São Paulo e está exposto a poluição e ar seco, costumo dizer que a lavagem nasal é uma medida de higiene e deve ser realizada cotidianamente. 💦 • Essa semana, publicarei uma série de posts com dicas, mitos e verdades sobre a lavagem nasal. 😉 • E pra começar, olhem esse video do meu afilhado Tomtom, publicado com autorização da mamãe @zucaju, não só colaborando, mas também curtindo irrigar o nariz. A grande vantagem da irrigação nasal com alto volume em comparação aos sprays é que ela consegue remover mecanicamente o excesso de secreção coletado nas cavidades nasais e também na rinofaringe, região posterior ao nariz onde fica localizada a adenóide. Reparem como o soro fisiológico entra por uma narina e sai pela outra. Outra dica importante deste vídeo é que a irrigação não deve ser feita muito rápida, com muita pressão, caso contrário pode causar um incômodo no ouvido e sangramentos nasais. 🤭 • Então, a lição do dia do Tomtom é: irrigação nasal é com alto volume e baixa pressão! 🚿 • #clinicamenon #otorrino #medicina#saude #otorrinolaringologia#vilanovaconceicao #otorrinopediatria#pediatria #nariz #qualidadedevida#lavagemnasal #sorofisiologico#rinologia #crianca #rinite #gripe#sinusite





156 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo