Quando devo procurar um otorrinolaringologista?

Você já teve algum sintoma e ficou perdido sobre qual especialidade deveria procurar?


São inúmeras as áreas da Medicina, e muitas vezes isso pode nos confundir no momento de escolher uma que seja mais assertiva para resolver algum problema de saúde específico.


A otorrinolaringologia não é grande só no nome. Ela abrange um leque enorme de cuidados com o corpo humano, voltados especialmente para o nariz, seios da face, garganta, ouvidos e até da cabeça e do pescoço. Ela assegura o bom funcionamento de três dos nossos cinco sentidos: o olfato, a audição e o paladar, promovendo a saúde e a qualidade de vida e trata desde resfriados comuns até casos cirúrgicos.


Quanto mais cedo a avaliação clínica e o diagnóstico feitos por um otorrinolaringologista, maiores as chances de cura sem a necessidade de um tratamento mais agressivo ou até mesmo de uma intervenção cirúrgica.


Por isso, atente-se a sintomas e incômodos como:


  • Dor de ouvido

  • Tontura

  • Zumbido

  • Secreções no ouvido

  • Perda auditiva

  • Rouquidão (disfonia)

  • Dor de garganta

  • Dificuldade de engolir (disfalgia)

  • Respiração oral

  • Cefaleia recorrente

  • Refluxo gastroesofágico

  • Distúrbios da fala

  • Distúrbios do sono (ronco e apneia)

  • Secreção ou obstrução nasal

  • Dores nos seios da face

  • Sangramento nasal

  • Alergias das vias respiratórias

  • Infecções do trato respiratório

  • Sintomas decorrentes de infecções virais

  • Perda do olfato (anosmia)

  • Perda do paladar (ageusia)


23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo